Wellington Nem não se incomoda com jejum de gols no São Paulo

(Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O próximo compromisso do São Paulo será no clássico contra o Corinthians, domingo, na primeira semifinal do Campeonato Paulista, o que leva Wellington Nem a tratar a semana como a principal da equipe no ano.

“É a principal semana. Quatro jogos com times grandes, para nossos planos na Copa do Brasil e no Paulista. Vamos fazer grandes jogos”, disse o atacante, que substituirá o lesionado Cueva.

Nem admite incômodo em atuar no meio, setor a que o peruano está habituado.

“Não é onde gosto de jogar. Mas se o Rogério pede, precisa, eu faço, ajudo o time. Não é o que gosto, mas pela equipe faço tudo, até zagueiro, lateral. Fiz isso só no Figueirense, não gosto de jogar muito de costas”, explicou.

Wellington Nem ainda não desencantou com a camisa tricolor. Em 13 partidas disputadas, o atacante não marcou nem um gol. A última vez em que balançou as redes adversárias foi em 1º de maio de 2016, na vitória por 3 a 0 do Shakhtar Donetsk sobre o Dínamo de Kiev.

“Isso não me preocupa tanto. O que me preocupa é vitória. São oito jogos sem perder. E o gol vai sair naturalmente. Uma hora a bola vai entrar, se Deus quiser”, declarou.

“Eu tive a lesão logo no primeiro jogo, que me atrapalhou muito. Fiquei três semanas parado. Eu vinha de uma crescente boa, fiz uma pré-temporada ótima. Mas é passado. Eu joguei quatro ou cinco jogos como titular, estou feliz com o que o Rogério vem me pedindo, estou muito contente”, concluiu.

Deixe uma resposta