Votação surpreendeu o mais otimista dos tucanos

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Que Geraldo ganharia no primeiro turno estava certo porque o paulista queria demonstrar seu repúdio ao PT ontem.

Mas nem Geraldo no mais alegre cenário imaginaria uma vitória tão gorda.

No mesmo cenário Aécio achava que ganharia por bem pouco de Marina mas as urnas mostraram um povo revoltado com o PT e com a situação atual.

Os votos de Dilma, menores do que em 2010, somaram os petistas arraigados aos beneficiados pelo Bolsa Família.

Na web um vídeo chamou atenção quando uma moça contava que vivia do Bolsa e que entrava num emprego pra sair e ganhar seguro desemprego por um tempo e estava pensando em ter mais filhos pra ganhar mais dinheiro.

Isto literalmente acaba com a mão de obra.

Agora a disputa decisiva de Aécio contra Dilma.

Jamais alguém teve tanta chance de ganhar contra o petismo atual do que agora.

Os esquerdistas que queriam fazer voto útil com Dilma já o fizeram.

O que sobrou com Marina foram os votos antipetismo.

Basta que entendam que o único lado antipetista é o de Aécio e depois se perfilem na esquerda pra fiscalizar o governo de Aécio.

Eduardo Jorge deu uma excelente entrevista dizendo que o lugar do PV é na oposição pra debater ideias e não no governo.

Está certo Eduardo Jorge que mostrou que aqui no Brasil o PV atingiu o patamar do PV da Alemanha que é um grande partido de fiscalização e debate.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta