Você sabe onde descartar o isopor corretamente?

cuidar do verde

Trabalhos escolares, bandejas, peças de decoração, embalagens. Inúmeras são as formas e maneiras de se utilizar o isopor atualmente. Mas, você já parou pra pensar em como deve ser feito o descarte correto desse material?

O isopor também conhecido cientificamente como poliestireno expandido é proveniente do petróleo e composto de 95% de ar. O produto vem da família do plástico, não contém os temidos clorofluorcarbonetos (CFCs), muito menos artigos tóxicos ou prejudiciais ao meio ambiente, o que o torna 100% reciclável!

12202012_10208074853173947_1206921425_n

Para não fazer feio na hora de descartar seu isopor, o Cuidar do Verde passa a dica: É preciso que ele esteja seco, livre de colas, alimentos ou restos de tintas e se possível sem estar totalmente esfarelado. No processo de reciclagem inicialmente o isopor passa por uma limpeza, em seguida seu gás interno é retirado e por último ele é triturado, derretido, granulado e volta a ser matéria prima de novo, sem perder sua textura e cor original.

Apesar de não ser considerado um material economicamente atrativo para as cooperativas por conta de seu peso muito leve e excesso de volume, é possível encontrar vários outros locais o isopor para depositar o isopor usado. No site da Termotécnica, maior produtora de EPS da América Latina http://www.reciclareps.com.br/#mapa, por exemplo, é possível localizar postos de recebimento desse produto.

E lembre-se: Isopor é reciclável sim! Falta de informação que não!

Cuidar do Verde, toda quarta-feira, às 13h, no BDI.

Mande seu e-mail para a colunista : samaratenorio@bastidoresdainformacao.com.br

 

Deixe uma resposta