Vítima envia SMS para tio antes de avião desaparecer no Pará

SMS de Rayline ao tio (Foto: Luana Leão/G1)
SMS de Rayline ao tio (Foto: Luana Leão/G1)

“Motor do avião pifou e vamos cair. Diz para mamãe que a amo muito”, disse Rayline Campos, técnica de enfermagem e passageira do bimotor que desapareceu próximo a Jacareacanga, no Pará, na manhã desta terça-feira (18), em um SMS para seu tio Rubélio Santos.

“Recebi a mensagem às 13h. Imediatamente tentei ligar para ela, mas só dava fora de área. Então avisei para um colega meu que trabalha na Infraero e ele avisou sobre a situação”, relata. “Temos esperança que ela esteja viva, sim. Temos fé em Jesus”, declarou o tio da enfermeira a Globo.

Segundo a Funai, cinco pessoas estavam a bordo da aeronave, que entrou em contato com um colega às 12h40 avisando que o motor havia pifado, e, portanto, tentaria um pouso forçado, porém, o avião desapareceu 15 minutos depois.

 

Deixe uma resposta