Vinícius pede a mesma intensidade ao Orlândia diante do Sorocaba na 2ª partida

img_1270
(Foto: Márcio Damião/Divulgação)

Se havia um favoritismo por parte do atual bicampeão Orlândia na final da Liga Futsal, bastou a bola rolar no jogo de ida para o Sorocaba passar por cima disso e, em dois minutos, mostrar o apetite que tem para levar a taça. Com o mando da primeira partida, os sorocabanos, mesmo sem Falcão, venceram por 4 a 2, em Paulínia (SP), com dois marcados nos primeiros dois minutos. O ala Vinícius, do Orlândia, atribuiu o sucesso do adversário justamente à maneira como se portaram no começo da partida. Para ficar com o inédito tricampeonato, a equipe do norte paulista precisa vencer no tempo normal para forçar a prorrogação, na próxima segunda-feira, em Uberlândia (MG).

– Eles entraram mais intensos, conseguiram tirar proveito disso e foram felizes na bola parada também. Conseguiram abrir dois gols no começo, aí ficou difícil para a gente. Vamos trabalhar esta semana para termos a mesma intensidade que eles tiveram – comentou.

Na final da Liga Futsal, as duas equipes estão mandando as partidas fora de suas cidades-sede. O Sorocaba, como tem feito em toda a Liga Futsal por problemas na obra de nova arena, mandou o jogo no ginásio Agostinho Favaro, em Paulínia. Já o Orlândia jogará no ginásio Tancredo Neves, em Uberlândia, em Minas Gerais, a 224km de sua sede.

Ainda que distante de casa, Vinícius acredita na força da torcida, como tradicionalmente tem acontecido quando a equipe atua na cidade mineira. No entanto, o ala reforça o argumento de que os erros da primeira partida precisam ser corrigidos por todos.

– A torcida comparece, é bom para o clima que vamos jogar, mas não entra na quadra. O que vale mesmo são os cinco em quadra e como estarão atuando no dia – disse.

Deixe uma resposta