Vai começar a final do continente

Foto: trivela.uol.com.br
Foto: trivela.uol.com.br

Enfim estamos diante de mais uma final de Copa Libertadores da América, onde Tigres e River Plate se encontrarão (novamente) na competição. Mesmo sabendo que os mexicanos não podem ir ao  Mundial de Clubes pela Conmebol, vale título, vale a honra, trata-se de uma final, e por tudo isso aliado aos 19 anos fora de uma final do torneio, para o River vale mais ainda. As duas equipes se conhecem bem, afinal, eram do mesmo grupo na segunda fase da competição. Naquele momento, o Tigres era apenas mais um mexicano disputando, enquanto o River vinha de uma excelente temporada, sendo vice campeão argentino e campeão da Copa Sulamericana, tendo Téo Gutierrez valorizado, sendo eleito o melhor jogador sulamericano. Mas em campo, nada disso se refletiu, o primeiro encontro entre os dois foi no Monumental de Núñez, onde o Tigres foi melhor e conseguiu segurar o River com um empate em 1×1. Para o jogo de volta, em Monterrey, palco desta primeira partida da final, mais um empate, dessa vez em 2×2.

E nesses dois jogos, o Tigres se mostrou bem melhor que o River, bem melhor organizado, o River sempre “correu atrás” dos mexicanos. Por outro lado, vale ressaltar que os argentinos não perderam para os mexicanos. Então, amigos do futebol, apesar do favoritismo do Tigres, a história mostra que o jogo vai ser duro, truncado e travado, onde quem errar menos, poderá mais! Assim é a Libertadores!

Envie seu e-mail para o colunista: deyvidxavier@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta