Vagner Mancini fica irritado com derrota do Corinthians diante do América

Foto: Marcos Ribolli

Vagner Mancini perdeu os dois jogos que fez pelo Corinthians na Neo Química Arena. Nesta quarta-feira viu seu time ser derrotado por 1 a 0 para o América-MG, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil.

Irritado com o gol sofrido no final, o técnico apontou a falta de competitividade.

– O América-MG acertou na estratégia, veio jogar de uma forma reativa, tentou jogar bem compacto, e a troca do Lisca faltando cinco minutos foi para tentar achar um ataque com Neto Berola e Marcelo Toscano e encontrou. A bola foi batida pelo Cássio onde tínhamos quatro jogadores no setor, não brigamos pela bola e não corremos atrás do Neto Berola até que ele entrasse na área e achasse o passe – reclamou o treinador, sem citar os nomes envolvidos no lance.

– Foi um lance de indecisão e não podemos ter indecisão. Estamos no Corinthians.

O América-MG em nenhum momento foi ameaçado.

– Não tivemos o jogo que esperávamos. Tivemos a bola nos pés a maior parte do tempo, mas não produzimos aquilo que tinha que produzir. Por isso, não chutamos bola a gol. O goleiro adversário não fez uma defesa difícil. Óbvio que isso me preocupa. Está baseado na personalidade que temos que ter em campo para executar as jogadas. Incentivo os jogadores para o um contra um, para tentar as jogadas, mas às vezes tomam a decisão de tocar para trás, me irritei muito. A função que tínhamos para mudar o ritmo do jogo não foi bem feita no primeiro tempo, melhorou um pouquinho no segundo, mas há necessidade de ajustes. Se há desequilíbrio na temporada, estou aqui para tentar resolver.

– O Corinthians precisa melhorar rapidamente em alguns quesitos, e eu vou em busca das soluções. Seja de forma agradável ou não, não vou ficar assistindo passivamente uma equipe que não dá um chute no gol.

Deixe uma resposta