Tucanos passam a ser os maiores aliados de Dilma

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O partido tucano PSDB, ao lado do Partido Comunista e do PSOL, passam a ser a grande base aliada de Dilma contra o impeachment.

Duas vozes de poder se levantam no tucanato contra o impeachment.

Uma é o senador e ex-guerrilheiro armado Aloysio Nunes, que já defendeu no passado Lula no mensalão.

Outro é o governador Geraldo, aquele que jamais soube dar segurança pública ao Estado e agora, pra não permitir a eleição de Aécio, prefere que Dilma fique no poder até o fim de seu mandato, mesmo que o país se dane.

Afinal, pra que pensar no Brasil se Geraldo pode pensar nele mesmo.

O Brasil não precisa de políticos deste tipo que se colocam no poder pessoal acima do povo e não estão preocupados com a continuidade do governo dilmista.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta