Tite pede que Jadson permaneça no Corinthians

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Após o interesse do time chinês Tianjin Quanjian, o técnico Tite pediu a permanência do meia Jadson, pelo menos, para disputar a Taça Libertadores no primeiro semestre de 2016.

– Claro que passa pelo aspecto financeiro, mas passa também pelo Jadson ter uma competição importante, a possibilidade de conquista de título, de ser convocado para a Seleção. Vejo que é importante para ele, para o clube e para mim protelar qualquer negociação. Que faça, mas depois do projeto Libertadores. Terminando, a partir daí, toma-se os rumos que deseja. Neste momento, vejo a importância da permanência, disse o treinador.

Com valores de mais de R$ 1 milhão mensais, Jadson já comentou com pessoas próximas que deve aceitar o contrato com o time chines. No início do ano, Jadson quase foi para a China para atuar pelo Jiangsu Sainty. Conversas com a família e com o técnico Tite o demoveram da ideia. Agora, o treinador volta a tentar impedir a saída.

– Eu tive um convite para ir para a China (2013). Sei como funciona a cabeça deles, sei que são maleáveis. Para que o Jadson possa refletir, os empresários, a família, o Corinthians, eu…o que é importante? Há a possibilidade de ir depois da Libertadores? Faça depois. Ele pode estar abrindo mão de uma convocação. Se for para a China, não vai ser convocado, disse.