Tchê Tchê, do São Paulo, comparece à manifestação contra o racismo

Foto: Reprodução

O volante Tchê Tchê, do São Paulo, compareceu a uma manifestação contra o racismo na capital paulista neste domingo. 

Na foto postada, o jogador aparece ao lado da esposa, que utiliza uma máscara com os dizeres “Clube do antirracismo e antifascismo” (na tradução para o português).

“Vim de uma origem muito humilde. Sei o que é ser negro, o que é entrar no shopping e as pessoas olharem tipo: “O que ele está fazendo aqui?” Muitas vezes o direito de sonhar nos é tirado. Porque quando a gente é criança, a gente planeja, tem vários sonhos, mas, ao meu ver, o que é vendido é que não temos essa condição”, disse o jogador em entrevista ao ator Lázaro Ramos, no Esporte Espetacular, da TV Globo.

“Hoje, temos o privilégio de ser uma voz no nosso país e ser alguém em quem as pessoas se espelham. Essas tatuagens eu fiz quando estava na Ucrânia. Se não me engano, depois de alguma situação que acabei sofrendo lá”, disse o jogador em relação às tatuagens que ele tem nas pernas.

Deixe uma resposta