Hernanes rebate declaração do diretor do São Paulo