Substituto de Dallagnol diz que buscará a continuidade da Lava Jato

Alessandro Fernandes Oliveira. Foto: Assofepar

O novo coordenador da Lava Jato no Paraná, Alessandro Fernandes Oliveira, afirmou ao Estadão que buscará a continuidade do trabalho desenvolvido desde 2014 no Paraná por Deltan Dallagnol, a quem vai substituir.

“Em time que está ganhando não se mexe”, disse ele.

Um pedido de prorrogação dos trabalhos por mais um ano está nas mãos do procurador-geral da República, Augusto Aras, que tem até o dia 10 para decidir.

“A gente pretende trabalhar também para esse pedido ser aceito.”

Atualmente integrante do grupo de trabalho da Lava Jato na PGR, Oliveira disse que não é aliado de Aras, nem da subprocuradora-geral Lindôra Araújo, que até esta terça-feira, 1º, era sua chefe.

“Sou aliado da promoção de justiça, da independência funcional, daquilo que seja o melhor para o Ministério Público e para o Brasil”, disse.

Deixe uma resposta