Sobre o vazamento dos dados pessoais de Bolsonaro

Foto: Adriano Machado / Reuters

O grupo de hackers Anonymous Brasil vazou, de forma criminosa, dados pessoais do presidente Bolsonaro e de diversos políticos ligados ao seu governo, inclusive dos seus filhos.

O Anonymous ataca sites com alguma frequência. Na ação, foram divulgados endereços, telefones pessoais e informações de patrimônio.

A esquerda, ao invés de lamentar o fato, apoiou o crime e o utilizou pra fazer campanha contra Jair. A mídia falou de forma mansa, sem aqueles dossiês gigantescos como quando encontram algum suposto ato incorreto do presidente. 

Todo o processo expõe, de forma vergonhosa, o caráter dos envolvidos no crime e daqueles que tentaram contextualizar, da mesma forma que fizeram quando aquele jornalista inglês divulgou um monte de bobagem em seu site. A Polícia Federal precisa agir e o Brasil precisa tomar medidas mais rígidas na proteção de seus arquivos, sobretudo de sua população e representantes. E, mais do que isso, a punição deve ser mais severa para quem não a cumpre.

Deixe uma resposta