Sob a garoa de SP, Arctic Monkeys se apresenta no Anhembi

Alex Turner em Show no Anhembi (Foto: Marcelo Brandt/G1)
Alex Turner, líder da banda, em Show no Anhembi (Foto: Marcelo Brandt/G1)

 Com a atitude e o pragmatismo que já são conhecidos pelos fãs, o Arctic Monkeys se apresentou na sexta-feira (14), no Anhembi, em São Paulo. Pela terceira vez no Brasil – participaram dos festivais TIM Festival e Lollapalooza, respectivamente, em 2007 e 2012 -, os ingleses tocaram hits dos primeiros álbuns da carreira e mostraram o repertório do último disco.

A banda subiu ao palco sob uma fina garoa que caía em São Paulo e não interagiu com a plateia, mas isso não fez os fãs se decepcionarem. O espetáculo teve mais de uma hora de duração. “Fluorescent Adolescent”, “Teddy Picker” e “505”, do primeiro álbum, “Favourite Worst Nightmare”, foram relembradas pelo quarteto.

Do disco mais recente, “AM”, os vocais de Alex Turner ecoaram “Arabella”, “Do I Wanna Know” e “Why’d You Only Call Me When You’re High?”, além do estrondoso hit “R U Mine?”, que encerrou o show com o peso da bateria de Matt Helders.

Neste sábado (15), o Arctic Monkeys  se apresenta no HSBC Arena, no Rio de Janeiro.

Músicas do show em São Paulo:

“Do I Wanna Know””
“Snap Out of It”
“Arabella”
“Brianstorm”
“Don’t Sit Down ‘Cause I’ve Moved Your Chair”
“Dancing Shoes”
“Teddy Picker”
“Crying Lightning”
“No. 1 Party Anthem”
“Knee Socks”
“My Propeller”
“All My Own Stunts”
“I Bet You Look Good on the Dancefloor”
“Library Pictures”
“Why’d You Only Call Me When You’re High?”
“Fluorescent Adolescent”
“505”

bis

“One For the Road”
“I Wanna Be Yours”
“Mardy Bum” (trecho)
“R U Mine?”

Deixe uma resposta