Senado aprova projeto que prevê prisão para quem furar fila da vacinação

Foto: Rovena Rosa

O Senado aprovou nesta terça-feira (16) um projeto que prevê detenção de 1 a 3 anos e multa para quem desrespeitar a ordem de prioridade da vacinação estabelecida pelo poder público durante situação de emergência de saúde pública.

A pessoa que furar a fila ou ajudar outra pessoa a furar terá a pena aumentada se for autoridade ou funcionário público e souber da irregularidade.

A proposta, de autoria do senador Styvenson Valentim (Pode-RN), segue para a Câmara dos Deputados.

No mês passado, a Câmara aprovou um projeto que transforma em crime o ato de furar a fila para ser vacinado.

Deixe uma resposta