Seleção feminina de basquete inicia treinos para evento-teste dos Jogos Olímpicos

dsc_01871
(Foto:Reprodução)

Depois de dias de incerteza, a seleção brasileira feminina de basquete se reuniu nesta quarta-feira para dar início à preparação para o evento-teste dos Jogos Olímpicos. A competição será realizada na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico do Rio, entre os dias 15 e 17 de janeiro.

Uma série de dispensas fez com que apenas três jogadoras da lista inicial se apresentassem em São Paulo. Foram duas baixas por lesão e sete por conta de um racha entre a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) e um colegiado formado por quatro clubes da Liga de Basquete Feminino (LBF), que promoveu um boicote ao time comandado por Antônio Carlos Barbosa.

Apesar da situação desconfortável, Barbosa deu a entender que a comissão técnica da CBB conta com as jogadoras para a sequência da preparação rumo às Olimpíadas do Rio. Acreditam que elas ficaram de mãos atadas diante da postura de seus clubes:

Onze jogadoras participaram da primeira atividade da seleção, que treina em São Paulo até o dia 11 de janeiro. Iziane, Isabela Ramona e Clarissa são as três jogadoras que já estavam na primeira convocação da seleção – a última foi a única a furar o boicote promovido por seu clube, o Corinthians/Americana. As pivôs Érika e Karina Jacob já haviam sido chamadas para substituir as lesionadas Damiris e Nádia.

Apenas na última terça-feira, Barbosa convocou cinco jogadoras para o lugar de sete atletas que pediram dispensa – se apresentaram as alas-armadoras Anna Beatriz Oliveira e Carina dos Santos Martins; as alas Palmira Marçal, Mariane Carvalho e a pivô Carina Felippus. A armadora Lays da Silva, do São Bernardo, foi convocada de última hora, na manhã desta quarta. Uma jogadora ainda vai ser chamada para completar as 12 integrantes da seleção. 

 

Deixe uma resposta