São Paulo pode ser rebaixado por caso Iago Maidana

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) confirmou que o São Paulo pode até ser rebaixado pela contratação do zagueiro Iago Maidana. O rebaixamento seria a punição máxima. As mais brandas seriam uma advertência ou uma multa. O clube também poderá ser impedido de contratar jogadores na janela e até perder pontos.

O artigo 34 do Regulamento Intermediário da CBF. “O clube infrator de normas submete-se à aplicação das sanções, de forma separada ou cumulativa”. O São Paulo, segundo o texto, poderia sofrer “rebaixamento para divisão imediatamente inferior a que estiver disputando quando do trânsito em julgado da decisão” ou “dedução de pontos”.

Ao contratar o zagueiro, o São Paulo praticou a infração prevista no artigo 191, II, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

“Inegável que houve uma ampla intermediação da Itaquerão Soccer nas transferências do atleta Iago, não sendo apresentado por nenhum dos denunciados, qualquer documento informando os pagamentos realizados à mencionada empresa, o que contraria a regra nacional e internacional. Portanto, por sonegarem informações exigidas na nossa legislação, os quatro denunciados praticaram infração”, disse texto do documento da procuradoria do STJD.

Na semana passada, a Procuradoria da Justiça Desportiva recebeu um dossiê sobre a transação envolvendo o jogador. O órgão disse, que estava avaliando a documentação encaminhada pela CBF e identificando condutas e sanções previstas em normas nacionais e internacionais.

Criciúma, Monte Cristo e o próprio Iago foram denunciados pela procuradoria do STJD. No caso do atleta, a punição varia de advertência a uma “proibição de atuar em qualquer atividade relacionada ao futebol”.

Deixe uma resposta