São Paulo e Grêmio acertaram troca definitiva de Everton por Luciano

Foto: Divulgação

São Paulo e Grêmio acertaram uma troca definitiva de Everton por Luciano. O acordo só depende de troca de documentação entre os clubes e aprovação nos exames médicos para se tornar oficial. Não haverá dinheiro na negociação. A composição entre clubes ficou assim:

Luciano assinará com o São Paulo até dezembro de 2022;
Everton assinará com o Grêmio até dezembro de 2022;

Os direitos econômicos de Luciano ficam divididos entre São Paulo (50%) e Leganés, da Espanha (50%);

Os direitos econômicos de Everton ficam divididos entre Grêmio (50%) e São Paulo (50%).

Vale lembrar que Luciano tem uma suspensão de três jogos na Libertadores, por causa de uma briga no Gre-Nal. Com isso, ele só poderia jogar a última rodada da fase de grupos. A Conmebol aprovou mudanças no regulamento e permite que um atleta defenda mais de um clube na mesma edição.

O São Paulo vê a troca com bons olhos pois terá um atleta mais jovem (Luciano tem 27 anos e Everton tem 31 anos), com um contrato maior (até dezembro de 2022) e custo menor (dois terços do gasto com Everton).

Além disso, o técnico Fernando Diniz gosta muito de Luciano, com quem trabalhou no Fluminense, em 2019.

No Grêmio, Everton chega para ser alternativa ao lado esquerdo de ataque. Após a venda de Everton para o Benfica, o titular da posição é Pepê. Faltava opções para Renato colocar em campo durante as partidas ou no time reserva costumeiramente utilizado.

Deixe uma resposta