Sampaoli diz que quer deixar o Chile

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O técnico Jorge Sampaoli disse que quer deixar o comando da seleção chilena. O treinador conquistou a Copa América no ano passado.

“Com este ambiente, eu não quero mais trabalhar ou viver no país. Eu nunca imaginei que em tão pouco tempo seria destruída a imagem de ídolo que eu construí no futebol chileno. Estou francamente decepcionado e, nestas condições, não posso continuar dirigindo a seleção com a cabeça em outro lugar”, disse.

O técnico tentou reduzir o montante estipulado na cláusula, mas sem sucesso. O presidente da federação chilena, Arturo Salah, com quem se reuniu por três vezes, bate o pé e exige a compensação financeira por completo para liberá-lo.
“Sinceramente, pensei que o Arturo Salah me entenderia e me deixaria livre.

Ele mesmo viveu esta experiência e teve que abandonar o seu projeto. Por isso, me surpreendeu sua posição de me ter como um refém, contra a minha vontade”, detonou.

Sampaoli tem contrato com mais três anos (até o fim de 2018) e multa rescisória alta, de valor não revelado.

Deixe uma resposta