Rogério Ceni é denunciado por reclamar de pênalti

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva denunciou o goleiro Rogério Ceni pelas declarações após o empate por 2 a 2 com o Vasco, no domingo, quando foi assinalado um pênalti polêmico contra o São Paulo.

– Esse pênalti não é marcado dentro de campo. Esse pênalti já tinha sido marcado antes de começar do jogo, só bastava a circunstância. E apareceu uma circunstância muito, muito, muito duvidosa. É uma pena pois ele é um bom árbitro, afirmou Ceni.

Ceni já havia comentado que as reclamações contra a arbitragem do presidente do Vasco, Eurico Miranda, após pênalti marcado para a Chapecoense contra o Vasco, na rodada passada do Campeonato Brasileiro, tiveram peso na marcação do lance.

– Sem dúvida, o que foi feito nesta semana (entrevista coletiva de Eurico Miranda) influenciou na marcação deste pênalti, declarou.

O pênalti em questão foi marcado pelo árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva após a bola bater no cotovelo do lateral-esquerdo Matheus Reis, aos 43 minutos do primeiro tempo. Nenê bateu e converteu a cobrança.

O goleiro do tricolor foi enquadrado no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (ofender a arbitragem). A pena varia de quatro a seis jogos de gancho, além de multa de até R$ 100 mil.

Deixe uma resposta