Rogério Ceni admite que não aceitaria treinar Corinthians e Palmeiras

Foto: Divulgação

Em entrevista exclusiva à Walter Casagrande, no Esporte Espetacular da TV Globo deste domingo (31), o técnico Rogério Ceni, do Fortaleza, falou sobre os 25 anos defendendo o São Paulo e todo o conturbado processo de sua demissão do clube do Morumbi.

Questionado se treinaria outra equipe paulista, Ceni admitiu que deve seguir trabalhando longe dos arquirrivais do Tricolor.

“Acho muito difícil eu treinar Palmeiras ou Corinthians. Mesmo para frente, a história está escrita de uma maneira tão bacana, a identificação. E também acho que ninguém lá nesses clubes ia querer me contratar, imagina eu entrando no CT deles. Eu tenho muito carinho pelo São Paulo, independente do que tenha acontecido”, afirmou o treinador.

Rogério Ceni assumiu o Fortaleza no último dia 10 de novembro e tentará levar o tricolor cearense à Série A do Campeonato Brasileiro em 2018, ano do centenário do clube.

Deixe uma resposta