Roger Federer deixa futuro em aberto

Foto: REUTERS Gonzalo Fuentes

Roger Federer tem cada vez mais convivido com as questões sobre sua possível aposentadoria. O tenista de 37 anos tem feito temporadas cada vez mais enxutas para conseguir se preservar e continuar atuando em alto nível. Porém, ele deixou em aberto pela primeira vez o ano de 2020.

“Eu tenho uma ideia do meu calendário de 2019, ainda que não tenha certeza sobre a primavera, com grama, saibro e quadra dura (…) Eu vou conversar com minha equipe. Vamos ver se vou jogar a temporada de 2020 ou não. Mas, no momento, eu realmente não estou pensando em aposentadoria – disse o suíço, que ainda disse estar treinando duro para conseguir enfrentar Djokovic e Nadal no saibro se for necessário”, disse o tenista.

Em ação na Copa Hopman, torneio amistoso, Federer se prepara para o Aberto da Austrália nas próximas semanas.

Deixe uma resposta