Rio apresenta três reforços para a Superliga feminina

Créditos da foto: Márcio Rodrigues/MPIX
Créditos da foto: Márcio Rodrigues/MPIX

O técnico Bernardinho optou por manter a base da equipe campeã das últimas três edições da Superliga feminina. Sem a levantadora Fofão, que se aposentou no fim do ano passado, das opostas Andreia e Bruna, que trocaram o Rio de Janeiro pelo Sesi e Bauru, respectivamente, e da ponteira Amanda, que vai jogar em Brasília, as caras novas na apresentação do elenco carioca nesta quinta-feira, na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, foram as das opostas Monique e Lorenne e da levantadora americana Courtney Thompson.

– É muito satisfatório contar com uma jogadora como a Courtney, que acreditou no nosso projeto e aceitou nossa proposta. Isso mostra o quanto o nosso projeto é reconhecido e respeitado no mundo todo. É um ano pré-olímpico e um sonho coletivo. Sabemos que será uma temporada especial. Espero ter um ano de amizade, solidariedade e crescimento pessoal e profissional. Espero que nós possamos ter uma excelente temporada, disse o técnico Bernardinho.

Indicada pelo tricampeão olímpico Karch Kiraly, treinador da seleção americana feminina, Thompson abriu mão de algumas propostas de clubes europeus. A jogadora de 30 anos e medalha de ouro com os Estados Unidos no Mundial do ano passado, na Itália, demonstrou bastante confiança em fazer um bom trabalho.

– Sim, é uma responsabilidade muito grande. Mas, no nível em que eu jogo, quero ser desafiada. É importante para minha carreira. É sempre bom ser desafiada, sobretudo com um treinador como Bernardinho.

Deixe uma resposta