Reveillon Macabro

lendas do universo

Patrícia era uma garota de sete anos que sempre era maltratada pelo padrasto Otávio quando sua mãe, Ruth, não estava por perto. Ela não falava das torturas com medo das ameaças daquele homem mau.

No Natal Otávio deu um vestido preto com botões metálicos em forma de caveiras para a menina. Então ele exclamou: 

– Quero que você use esta roupa na passagem do ano-novo! 

Quando chegou o dia de Reveillon, Ruth foi com as amigas levar oferendas para Iemanjá no mar. Mas Patrícia foi obrigada a ficar em casa com o padrasto, que tentou abusar dela. Porém a garota não deixou e fugiu para a praia.

Otávio foi atrás com uma faca na mão, alcançou a menina, assassinou a pobre e jogou seu corpo ao mar. 

Um ano depois, na passagem de ano, Ruth foi levar presentes para Iemanjá na praia. Enquanto Otávio ficou preparando a ceia. De repente ele avistou o fantasma de Patrícia, que estava com o vestido negro cheio de botões metálicos em forma de caveira. Então a menina falou: 

– Eu sou a maldição da passagem do ano-novo. 

Reza a lenda que toda a criança que é assassinada no ano-novo volta para se vingar do seu algoz no Reveillon do ano seguinte. 

Assim Patrícia pegou uma faca de cozinha e correu atrás de Otávio, que fugiu para a praia. Mas a garota seguiu o homem e acabou matando seu algoz. De repente, ela escutou uma voz vinda do mar: 

– Socorro! 

– Socorro! 

Patrícia avistou um garoto afogando-se, nadou, levou seu corpo para a areia e fez respiração boca a boca. Quando o garoto abriu os olhos, ele exclamou: 

– Acho que morri mesmo… 

– Estou vendo até o fantasma da Patrícia que todos dizem que morreu ano passado. 

reveillon macabro

A garota explicou: 

– Eu sou realmente um espírito, mas você não morreu. Apenas voltei para vingar-me do meu assassino: o padrasto Otávio. 

Naquele instante, ela notou que todos da praia estavam espantados com a sua presença. Então a menina correu tanto, que uma hora depois parou no outro lado do litoral, que estava deserto. Como um raio, ela escutou um grito: 

– Socorro! 

Quando a alma penada olhou para trás, viu uma outra garota correndo e perguntou: 

– O que aconteceu? 

A vítima respondeu: 

– Meu nome é Paula e estou fugindo do meu padrasto, que deseja me matar. 

De repente, apareceu um homem com uma faca não mão, que ao ver Patrícia comentou: 

– Eu vi uma matéria sobre você na Internet! 

– Você é a criança que morreu ano passado e voltou para atormentar a praia. 

Após falar estas palavras, o rapaz teve um ataque do coração e faleceu. Naquele mesmo instante, Patrícia entrou no mar e desapareceu. 

Reza a lenda que em todo Reveillon, o fantasma desta menina volta para proteger as crianças durante a passagem de ano-novo. 

Luciana do Rocio Mallon / @lucianadorocio

“Lendas do Universo”, toda terça-feira, às 13 horas, no BDI.

O livro da autora 

Mande seu e-mail para Luciana : lucianadorocio@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta