Reta final do Brasileirão e o assunto “mala branca” volta a ser assunto

Foto: Divulgação

Todos os torcedores já estão acostumados com uma coisa na reta final do Brasileirão: A Mala branca.

Esse assunto voltou a ser discutido nessa semana. Na última segunda feira, o Cruzeiro enfrentou o Palmeiras no Allianz Parque e arrancou um empate em 2×2. Resultado ruim para os paulistas que perderam a chance de diminuir ainda mais a vantagem para o líder Corinthians. Para o Cruzeiro, foi um resultado que não muda em nada a situação do time na competição, já que os mineiros conquistaram a Copa do Brasil e estão garantidos na Libertadores 2018.

É aí que o assunto “mala branca” começou a ser discutido. A pergunta que mais está sendo feita é: Qual seria a motivação do Cruzeiro nesse jogo? Será que a equipe ganhou algum incentivo (dinheiro) para atrapalhar o Palmeiras? Não sei. Não tenho provas e honestamente não acredito. Aliás não vejo problema nenhum de um time “X” dá um incentivo para o time “Y” para tirar pontos do time “Z”. Eu sou contra entregar o jogo de propósito para prejudicar determinado time. 

O meia Thiago Neves se pronunciou a respeito através do Twitter:

“Não precisamos de Mala Branca pra ter motivação para ganhar os jogos, independente da situação de qualquer time no campeonato…Vamos sempre entrar pra ganhar, pq o nosso time é bom e tem condições de ganhar de qualquer um! Não recebemos nada e como falei, não precisamos disso, então parem de querer colocar coisas aqui dentro do Cruzeiro!”

Deixe uma resposta