Renato Sertanejeiro apresenta shows virtuais com grandes nomes do gênero

Desde março, quando nossas rotinas precisaram seguir caminhos distintos, um fenômeno tomou conta do universo online, sendo considerado, um “refúgio” para as pessoas. O formato idealizado para “movimentar” o entretenimento precisou de adequações, proporcionando ao público novas experiências. Mas não só quem está do outro lado da tela precisou se reinventar, para assistir aos artistas favoritos, os coadjuvantes do cenário também.

Neste tempo, Renato Sertanejeiro se descobriu apresentador de transmissões ao vivo, uma função que não estava em seu roteiro diário. A convite da Sony Music, uma das maiores gravadoras da indústria fonográfica do mundo, novos projetos ganharam sua atenção e hoje, já são mais de 10 lives com participação do influenciador.

Quando tudo começou, o molde era remoto, cada um de sua casa, afinal, o vírus impôs medo. Porém, “o show tem que continuar”, e respeitando todas as orientações da Organização Mundial da Saúde, atualmente, Renato viaja até os artistas, e executa seu trabalho de maneira presencial, garantindo, ainda mais, toda sintonia com os astros e internautas. Atingindo, desta forma, grandes resultados no quesito doações, objetivo primário de toda movimentação.

Neste final de semana sua agenda já está lotada. No sábado (25), a partir das 17h, acontece “Quarentena do Bem”, envolvendo Marcos e Belutti e outros grandes nomes da música. Não diferente, domingo (26), às 14h, o encontro é com Luiza e Maurilio e um time de peso, escalado pela Multicine Cinemas. Ambas as atrações serão veiculadas através do canal no Youtube Renato Sertanejeiro, que já ultrapassa meio milhão de inscritos.

“Posso dizer que me adaptei bem neste contexto, sempre que apresento rola uma química muito bacana entre eu e os cantores. Sou suspeito para falar sobre sertanejo, é um ritmo que eu procuro sempre me aprofundar, entender e estar por dentro, é minha vida, tudo que eu faço gira em torno deste meio. Então, pra mim, tem sido uma honra, estar ainda mais perto, de ídolos tão reconhecidos pelo nosso país.”, conta Sertanejeiro.

Graduado em Administração de Empresas, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC), ele decidiu se desligar da instituição que prestava serviços e seguir um caminho dentro da Internet, mundo afora. Desde 2016, unindo o sertanejo ao mundo digital, duas paixões de sua vida, se tornou bem sucedido.

Ele garante que sua persistência foi o grande segredo. “Precisei insistir para dar certo. Não foi rápido, nem fácil, como eu pensava. O segredo é batalhar, não desistir, eu comecei do zero e hoje já são mais de 500 mil me acompanhando.”, finaliza.

Deixe uma resposta