Renato Gaúcho comenta vantagem mínima do Grêmio contra o Juventude

Foto: Eduardo Moura / ge

O técnico Renato Gaúcho  reconhece que a vitória por 1 a 0 do Grêmio sobre o Juventude nesta quinta-feira, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, é um placar magro. 

Isaque marcou o gol do jogo, logo aos oito minutos de partida. Renato queria um placar maior, mas reconheceu as dificuldades impostas pelo adversário, que briga pelo acesso na Série B.

— Toda vantagem que você leva para uma decisão, seja qual for, é uma vantagem. É pequena. Procuramos buscar um resultado melhor, mas o Juventude dificultou bastante. Toda hora gente fora, nossos problemas. Equipe muito bem na partida, bem na Série B. Conseguimos o placar. Placar magro. Mas com respeito ao adversário. Temos mais 90 minutos em Caxias — avaliou.

A vitória simples dá ao Grêmio a vantagem do empate no segundo jogo, na próxima quinta-feira, no Alfredo Jaconi. Derrota por um gol de diferença leva à decisão por pênaltis.

Deixe uma resposta