RedeTV não define a forma que vai trabalhar

 Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Toda emissora tem que ter uma filosofia que defina seu objetivo.

A RedeTV deveria definir suas metas.

Ou ela faz uma programação voltada ao povo da tv aberta ou faz o que a TV 21 fez que foi vender a uma Igreja seus horários integrais de entretenimento.

A RedeTV tem inúmeros horários vendidos que não permitem que uma programação de entretenimento tenha bom desempenho.

O maior ibope da emissora está sendo o de Sônia Abrão e entre dois horários de igreja.

A média diária segundo publicação do site Notícias da TV está sempre abaixo de 1 e bem abaixo da TV Cultura.

Ou os diretores da RedeTV se reúnem com os que mandam nas igrejas e redefinem uma nova linha de horários vendidos que não afete o desenvolvimento da emissora, ou vendem todos os horários de uma vez e passam a ter lucros sem preocupação.

Quem mais sai prejudicado com venda de horário é o jornalismo, mesmo sendo um jornalismo sem nenhuma criatividade a mais pra concorrer contra os adversários e que poderia ter ibope bem maior se fosse de traçado diferente e atraente.

Pra continuar com um ibope baixíssimo e com as preocupações inerentes a uma programação de entretenimento sem estratégia seria bem mais interessante a RedeTV vender todo seu horário de uma vez.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta