Record erra no projeto de César Filho

cesar filho

A contratação de César Filho pela TV Record foi uma contratação certa mas com projeto errado.

Mais uma vez o que esta coluna publica vai se mostrar real antes do que se imagina e o erro ficará evidente pelos resultados de ibope do futuro.

Primeiro erro é colocar César Filho pra ser apresentador de reality show.

Num reality o que vale é o show dos participantes e não o apresentador.

É jogar fora o talento de César pra apresentar reality.

César foi contratado num momento de tv onde ele estava em carreira de ascendente num show de notícias no período da manhã.

Aí entra o segundo erro do projeto que é não colocar César de imediato no ar e guardar pra ano que vem.

Deveriam colocar César de imediato num programa de manhã batendo de frente com o horário de Fátima Bernardes.

Mas não vamos esperar isto na TV Record onde seus comandantes da área de entretenimento não tem história de sucesso no ramo.

Podar a alçada de voo de César Filho neste momento equivale a abortar a decolagem de um avião.

O futuro vai mostrar que não vai fazer a menor diferença César Filho apresentando reality e vai ser perda de tempo e de trabalho realizado neste ano esperar pra colocar César no ar apenas no ano que vem quando o cenário é outro.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta