Record ataca Globo após Fantástico fazer reportagem sobre suposta corrupção da IURD e prefeitura do Rio

Foto: Divulgação

Na última semana, a Globo fez reportagens sobre uma investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro a respeito de um suposto esquema de corrupção envolvendo o prefeito Marcello Crivella. A Igreja Universal, de Edir Macedo, teria recebido grandes quantias da prefeitura, o que a instituição religiosa nega.

No domingo (13), a Record dedicou parte do Domingo Espetacular a rebater essas acusações. O canal ouviu o prefeito e líderes da Igreja, que falaram em perseguição religiosa. A reportagem trouxe como abordagem “Globo ataca Igreja Universal sem provas”.

A Record  também acusou a Globo de tentar influenciar as eleições 2020 para prefeitos e vereadores. Além disso, foram resgatadas acusações do doleiro Dario Messer, que citou a emissora da família Marinho em uma delação.

Também no domingo (13), o Fantástico mostrou mensagens de texto que teriam sido trocadas entre Marcello Crivella e Rafael Alves, que, segundo o MP, seria o braço direito do prefeito e exerceria grande influência sobre a prefeitura e alguns dos supostos esquemas.

Deixe uma resposta