Raul Gil recebe Silas Malafaia e Celso Russomano neste sábado

Fotos Rodrigo Belentani (354)

Neste sábado, 22 de novembro, às 14h15, Raul Gil apresenta o “Elas Querem Saber”. Thammy Miranda, Val Marchiori, Dani Bolina e Penélope Nova recebem o deputado Celso Russomano.

Melhores Frases:

“Eu respeito o Tiririca como humorista, como homem de televisão. Na política não se deve brincar. A política é coisa séria, quando se faz brincadeiras, acaba desrespeitando o eleitor” (sua opinião sobre a campanha eleitoral do candidato, também eleito, Tiririca).

“Minha briga pelo direito do povo começou quando minha mulher faleceu” (quando começou a briga pelo direito da população)

“Já fui ameaçado, já tentaram com minha vida duas vezes” (sobre se já foi ameaçado)

“O povo está carente de alguém que o defenda”

“Eu quero ver o serviço público funcionando, de qualidade” (sobre o que faria se fosse prefeito)

“É só ter vontade política de fazer” (se cidade de São Paulo pode melhorar)

“Não paro de andar na rua, senão perco a sensibilidade e o contato com a realidade”

“Foi em uma viagem aos 15 anos de idade” (sobre quando perdeu a virgindade)

“Já sofri bastante por amor”

“Tomo bastante cantada de mulher”

“O brasileiro não tem o hábito de reclamar”

“Sou apaixonado por voar. Amo” (sobre o que gosta de fazer nas horas vagas)

“Se se fosse presidente, avisaria aos servidores públicos que esse país ia funcionar de qualquer jeito. Eu ia botar São Paulo para funcionar”

No quadro “Pra quem você tira o chapéu”, participação de Silas Malafaia. O pastor foi polêmico em suas respostas e esclareceu situações em que está envolvido.

Melhores Frases:

“Coloquei meu imposto de renda na tela da tevê. Eu não devo nada à ninguém” (sobre ter sido acusado de ter um patrimônio de 150 milhões de dólares)

“Existem milhares de igrejas sérias. Dou um relatório de tudo o que acontece na minha igreja, falo tudo o que vamos fazer com o dinheiro”

“Eu tiro meu chapéu para Fernando Henrique Cardoso pela estabilidade econômica do Brasil. Foi FHC que trouxe a estabilidade econômica para o país” (sobre FHC)

“Eu não discuto questões de sexos. A ABGLT quer implantar uma ideologia no Brasil. Eles estão trabalhando para uma coisa que chama ideologia de gênero, é para destruição da família” (sobre a ABGLT) – Ele deixou claro que não é contra aos gays e sim contra à Associação.

“Eu sofro ataque dos ativistas gays” (sobre ABGLT)

“Ele é um mau exemplo para a juventude do Brasil e do mundo” (sobre o cantor Justin Bieber)

Deixe uma resposta