Ratos treinados detectam casos de tuberculose em Moçambique

(Foto: Eric Nathan/Apopo/Divulgação)
(Foto: Eric Nathan/Apopo/Divulgação)

Em Maputo, capital de Moçambique, a solução usada para detectar casos de tuberculose, uma doença que muitas vezes passa desapercebida pelas unidades de saúde, está nos ratos. Desde 2013, os roedores foram responsáveis por descobrir 1.182.

Chamados de “HeroRats”, ou “ratos heróis”, eles têm uma precisão de 80% e, além de terem um menor custo, podem encontrar o problema até 20 vezes mais rápido do que os testes tradicionais, freando a propagação da doença.

O método, que se iniciou na Tanzânia, mas é da organização Apopo, na Bélgica, se dedica a treinar ratos para diagnosticar a tuberculose e encontrar minas terrestres.

Deixe uma resposta