“Que façam o devido julgamento”, diz Tite no caso Amarilla

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O técnico Tite detonou o arbitro Carlos Amarilla, após a revelação de escutas telefônicas que denunciam a possível influência de Julio Grondona, ex-presidente da Federação Argentina de Futebol, na escalação do árbitro em jogo contra o Boca Juniors, que tirou o Corinthians da Taça Libertadores de 2013.

– Eu sabia que seria abordado e pensaria o que iria falar, para mim não era surpresa nenhuma. Só vou me recordar daquilo que falei, que em nenhum momento da minha vida futura iria querer cruzar aquelas pessoas. Continuo falando a mesma coisa. Não quero julgar, não tenho essa pretensão, mas vou acompanhar por todos os meios. Que façam o devido julgamento – pediu.

O Corinthians mostrou indignação com a revelação das escutas e comunicou que vai acompanhar o caso de perto. O árbitro, em entrevista, disse ser honesto e negou qualquer favorecimento ao Boca Juniors. 

Deixe uma resposta