Quando Dilma erra

Dilmistas se surpreenderam com a revista Veja / Foto: Divulgação
Dilmistas se surpreenderam com a revista Veja / Foto: Divulgação

Quando Dilma perguntava pra Graça Foster, presidente da Petrobras, que jeito estavam as coisas, sempre ouvia de Graça que estava tudo sob controle.

Dilma acreditava no jeito de Graça comandar a Petrobras.

Em 1989 o jornalista Ricardo Boechat ganhou Prêmio Esso de Jornalismo com reportagem sobre corrupção na Petrobras.

Ou seja, a corrupção não é novidade em nenhum lugar e nem na Petrobras.

A gente não pode fantasiar achando que jamais vai existir.

Isto também acontece em grandes empresas particulares e nem é privilégio de ninguém.

Nossas instituições sempre vão ter espaço pra investidas de corruptos e corruptores.

Exatamente aí entra a capacidade de um governante em saber coibir tais atos e parece que a capacidade de administração não é o forte de Dilma e seu grupo.

Dilma se perdeu no governo e na política e isto foi o que gerou a péssima economia brasileira.

A corrupção é apenas um detalhe.

A corrupção sempre existiu através dos tempos.

A corrupção na Petrobras pode atingir um número perto de 24 bilhões de dólares.

Mas isto não é o que fez com que a Petrobras tivesse uma perda de valor de ação num nível jamais alcançado.

A grande perda de valor da Petrobras é muitas vezes maior que o que foi desviado.

A perda de valor das ações de deve a uma péssima administração e isto ninguém pode contestar neste momento.

Em qualquer grande empresa do mundo todo comando teria sido substituído faz tempo.

Dilma errou em teimar com o mesmo grupo de comando e a cada dia perdeu mais e mais valor de ação e a empresa a cada dia perdeu valor.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta