Proposta de clubes prevê 20 dias de férias coletivas e redução de 25% de salário durante paralisação devido ao coronavírus

Foto: Ronald Lincoln

A Comissão Nacional dos Clubes enviou uma proposta para a Federação dos Atletas Profissionais de Futebol na qual propõe que enquanto o futebol estiver paralisado por causa do coronavírus tenha: férias coletivas a partir de abril, 10 dias de férias entre o fim do ano de 2020 e início de 2021 e redução de 25% nos salários dos jogadores.

Grande preocupação dos atletas, o pagamento do mês de março será feito integralmente. O calendário do futebol brasileiro, a princípio, iria até 30 de dezembro.

A reunião entre representantes de 46 clubes foi realizada por videoconferência. Uma parte mantida é a de permissão de férias coletivas por parte das empresas. Apesar de o CNC pedir resposta em até 48 horas pela Fenapaf, os clubes já poderiam dar férias coletivas aos jogadores, conforme a MP.

Deixe uma resposta