Primeiro teste em humanos de vacina contra ebola é feito nos EUA

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Uma esperança contra o vírus do ebola parece estar aparecendo. O grupo farmacêutico americano Johnson & Johnson anunciou ter realizado os primeiros testes em humanos de uma possível vacina contra a doença, que já fez mais de 8 mil vítimas na África.

Em comunicado, a empresa disse que “os primeiros voluntários receberam sua dose inicial”. Os estudos da primeira fase de testes – são três no total – são realizados pelo Oxford Vaccine Group da universidade britânica de Oxford.

O grupo americano, um dos mais avançados na luta contra o ebola, havia anunciado no fim de outubro ter investido US$ 200 milhões para acelerar a produção da vacina. Já foram produzidas mais de 400.000 doses da vacina e há previsão de fabricação de 2 milhões este ano, o que significa uma aceleração do cronograma anunciado em outubro. Se for necessário, o grupo disse estar em condições de elevar sua produção a cinco milhões de doses em um prazo de 12 a 18 meses.