Presidente do Atlético-MG cobra liberação de áudios e vídeos do VAR

Foto: Divulgação/Atlético-MG

O Atlético-MG está preocupado com a arbitragem do Campeonato Brasileiro. O clube sente que o protocolo da atuação do o árbitro de vídeo (VAR) precisa ser discutido. O presidente Sérgio Sette Câmara defende uma maior transparência do processo, com a liberação dos áudios e vídeos da cabine do VAR para o acesso dos clubes e público em geral  após a realização das partidas.

“O que se busca, na verdade, é o aperfeiçoamento e transparência total do processo do árbitro de vídeo”, disse Sette Câmara.

“Na minha opinião, tinha que acontecer liberação imediata dos áudios e videos do VAR após a realização das partidas. Isso daria uma transparência muito maior”, completou o presidente atleticano.

O Galo perdeu para o Bahia em Pituaçu de virada por 3×1 na noite de ontem (19) e deixou a lidererança do Brasileirão.

Deixe uma resposta