Presidente argentina denunciada por crime

Cristina, presidente Argentina / Foto: Reprodução
Cristina, presidente Argentina / Foto: Reprodução

O promotor substituto do promotor que foi assassinado na Argentina denunciou agora a presidenta Cristina Kirchner por crime no caso da morte dos judeus na década de 90.

Cristina teria acertado com o Irã em livrar os matadores iranianos em troca de dinheiro.

As provas apresentadas foram as mesmas que o promotor assassinado tinha levantado.

Uma certa promotora que tem simpatia por Cristina e não era de confiança do promotor que foi assassinado tentou mas nao conseguiu ficar com o processo

Parece que alguém começou a botar ordem na sacanagem governamental da América Latina e seus presidentes comunistas.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta