Prefeitura de SP busca empresas para a privatização do Pacaembu

Foto: Jefferson Pancieri
Foto: Jefferson Pancieri

Um dos marcos da cidade de São Paulo, o estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, pode ser privatizado. A Secretaria Municipal de Esportes divulgou um chamamento público para convocar empresas interessadas em reformar e restaurar as áreas tombadas da construção.

A Prefeitura da cidade gasta 9 milhões de reais por ano com a manutenção do estádio, e, com a inauguração da Arena Corinthians e do Allianz Parque, o Pacaembu não terá mais a mesma arrecadação que teve nos últimos anos.

O secretário municipal de Esportes, Celso Jatene, explicou. “Existe alguém na cidade que possa ser parceiro da Prefeitura para que a gente possa transformar o Pacaembu em uma arena moderna que possa competir com as demais arenas da cidade e do país? Essa é a consulta, por isso o chamamento”, disse.

A Prefeitura avalia que o investimento na concessão deve ser de até R$ 300 milhões.

Deixe uma resposta