Políticos do petrolão não podem ser processados

Foto: Reprodução / TV Record
Foto: Reprodução / TV Record

Os políticos que estão sendo denunciados pelo doleiro no caso do Petrolão podem sair totalmente do caso sem sequer serem denunciados.

Isto pode acontecer porque os políticos tem foro privilegiado e para serem julgados no STF precisam primeiro ter as denúncias contra eles aceitas pelo Procurador Geral da República, Rodrigo Janot e encaminhadas as denúncias ao STF pra julgamento.

O Procurador Geral da República tem em seu mister aceitar ou não a denúncia.

O Procurador pode alegar em despacho que não considera provas contra os políticos a simples acusação de um delator premiado.

Considerando apenas a palavra de um delator premiado o Procurador Geral da República pode alegar que faltam provas.

Caso aconteça isto sequer é formado processo pra ser julgado pelo STF e tudo acaba em nada.

Constitucionalmente apenas o Senado da República pode inquirir ou processar o Procurador Geral da República ou qualquer ministro do STF sobre questões da área de ambos.

Mas pelo perfil do nosso Senado isto jamais aconteceria.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta