Político mineiro que não estudou história quer mudar lei absurda

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Um deputado federal mineiro de nome Newton Cardoso teve a petulância de propor lei que acaba com feriado de 15 de novembro da Proclamação da República.

A justificativa é que o golpe militar que proclamou a República não teve a participação popular igual teve 7 de setembro.

Newton deve ter estudado em escola sem professor.

Nos anos 60, minha professora de história já contava pra gente que D.João, que assaltou os cofres do Banco do Brasil quando voltou pra Portugal, pai de D.Pedro, falou pra ele apossar-se da coroa antes que algum aventureiro fizesse.

Jamais 7 de setembro foi feito pelo povo mas sim pelo pai de D.Pedro.

Mas o tal deputado nem precisa se preocupar em extinguir o feriado da República porque quando Dilma vencer as eleições, ela e seus comunistas vão se encarregar de acabar com tudo.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta