Pizzolato deve ter futuro definido nos próximos dias

Foto: Veja
Foto: Veja

A justiça italiana aceitou extraditar Pizzolato, diretor do Banco do Brasil condenado no mensalão.

Mas o ministério da justiça na Itália pode deixar Pizzolato livre e não extraditar.

Eles tem 20 dias pra decidir.

Se vier ao Brasil os promotores querem que Pizzolato seja delator premiado.

Resta saber se ele vem e se ele quer ser.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta