Petros lamenta saída de Pinotti do São Paulo

(Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O volante Petros lamentou o pedido de demissão de Vinicius Pinotti do cargo de diretor-executivo de futebol.

“Era tudo o que a gente menos precisava depois de um ano tão complicado. Ter um presente de natal como esse era tudo o que a gente menos precisava”, afirmou Petros.

Pinotti deixou o principal cargo do departamento de futebol após pouco mais de sete meses de trabalho. Ele sai em função de divergências com o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

Em 2017, o São Paulo passou 17 rodadas dentro da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Com Petros chegando a jogar com dores na coxa direita, o time do Morumbi reagiu, escapou do vexame e terminou o torneio no 13º lugar, com 50 pontos.