Pesquisadores apresentam fóssil de dinossauro encontrado no Nordeste

Foto: Divulgação/ Museu Nacional

A família dos grandes dinossauros carnívoros T rex e Velociraptor acaba de ganhar mais um integrante. E ele é brasileiro. A nova espécie viveu na Bacia do Araripe durante o período jurássico, tinha três metros de altura e o corpo coberto de penas.

O novo dino é o Aratasaurus museunacionali – uma combinação de ‘ara’ e ‘ata, que significam ‘nascido’ e ‘fogo’; com ‘sauros’, o sufixo grego para designar os lagartos. Assim, ‘o dinossauro que nasceu do fogo do Museu Nacional’ foi batizado em uma referência ao incêndio que destruiu a instituição há dois anos. O fóssil do animal, que não estava no palácio, mas em um prédio anexo, acabou escapando ileso das chamas que consumiram boa parte do acervo, segundo a Folha de São Paulo.

“Fiquei bem emocionado com essa sugestão de fazer uma homenagem ao Museu Nacional”, contou o diretor da instituição, o paleontólogo Alexander Kellner.

“Acho que é um reconhecimento do trabalho que fazemos, mostrando que o museu continua vivo e vibrante.”

Deixe uma resposta