Palmeiras está pronto!

Por Deyvid Xavier

Foto: esporte.band.uol.com.br

A frase é famosa: “clássico é clássico” (sem o “vice-versa”), mas é verdadeira. Na disputa de duas grandes equipes realmente tudo pode acontecer. Porém, não vou ficar em cima do muro e enfatizo desde já que o Palmeiras é o mais preparado para vencer o clássico contra o Santos.

O Verdão tem um modelo de jogo definido. O 4-1-4-1 encaixou bem nesse início de ano. Felipe Melo ainda comete excessos em alguns lances, mas está jogando bem. Borja, mesmo que não faça gols, vem fazendo boas partidas e ajudando o time taticamente. Lucas Lima jogando aquilo que se espera de um atleta de qualidade como ele (lembrando que é ano de Copa do Mundo). Dudu mantendo a boa regularidade e Keno, sempre que entra, é produtivo.

O Santos ainda busca se acertar como um time e, principalmente, ter padrão de jogo. Sistema tático definido, o 4-2-3-1, mas ainda com jogadores que não encaixaram no time. Romário, lateral esquerdo, fez uma péssima partida diante do Bragantino, virou reserva. Mesmo sendo início de temporada, os erros de passes seguem no Peixe, assim Victor Ferraz deu origem ao gol do Ituano. Vecchio é um jogador inteligente e, por isso, hoje é o armador do Santos, mas é instável nos jogos.

O ataque também sofre instabilidade. Arthur Gomes é uma boa opção técnica. Bruno Henrique é o titular do time, mas ainda não deve jogar, portanto, Copete fará a função pela direita, e é outro que ainda não se firmou no time. Na referência, Rodrigão não mostra evolução e deve ser preterido por Eduardo Sasha, até que Gabigol possa jogar.

Enfim, o Palmeiras tem um time e um modelo de jogo. O Santos não encontrou sua equipe ideal e ainda depende de alguns testes. Sabemos que clássico é um jogo diferente, que exige mais concentração, envolve mais rivalidade e, consequentemente, motiva mais os jogadores. Mas qualidade faz muita diferença, e hoje, o Palmeiras está pronto!

Deixe uma resposta