Palmeiras e Envigado-COL entram em acordo pelo Angulo e alviverde espera que o caso seja retirado da FIFA

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras

O Palmeiras aguarda que seja retirada uma ação contra ele na Fifa. O Envigado, da Colômbia, que negociou o atacante Iván Angulo em definitivo há um ano por 3 milhões de dólares (cerca de R$ 12 milhões na época), cobrou uma dívida, mas já há um acordo, confirmado tanto pelo Verdão quanto pela equipe colombiana. Faltam somente detalhes burocráticos.

– Queremos informar que chegamos a um acordo amistoso com a Sociedade Esportiva Palmeiras com respeito à demanda interposta à Fifa, em razão de Iván Dario Angulo, faltando unicamente respectivos trâmites legais – posicionou-se o Envigado, em comunicado assinado pelo presidente do clube, Ramiro Ruíz Londoño.

Na época em que o Palmeiras anunciou que exerceria o direito de compra de Angulo, os 3 milhões de dólares equivaliam a R$ 11,7 milhões. No final do ano passado, a dívida do Verdão com o Envigado já era de R$ 12,153 milhões. Os clubes, contudo, entraram em acordo a partir da semana passada.

Angulo chegou ao Palmeiras no ano passado, por empréstimo, para o sub-20. Em junho, foi comprado, assinando contrato até 2024, e integrado ao profissional, mas não jogou nenhuma partida no time profissional.

Deixe uma resposta