Os mistérios da Lava Jato

vaccari PT

Continua um mistério na investigação da Lava Jato comandada pelo juiz Sérgio Moro.

As pessoas são presas pra serem interrogadas.

Mas o tesoureiro do PT foi apenas levado pra ser interrogado e não foi preso.

Depois de ser interrogado foi embora.

Tem o caso do pessoal da Odebrecht que sequer foi interrogado.

Não dá pra entender o que passa na cabeça do juiz num caso destes.

Ele deve com certeza ter razões que a nossa razão desconhece.

Tem caso de gente que foi presa na sexta pra ser interrogada hoje e ser solta amanhã e ir embora.

A gente se pergunta qual o motivo de prender pra interrogar se bastaria a pessoa ser chamada e dar suas declarações igual fez o tesoureiro do PT.

No caso desta semana o juiz saiu da linha da Petrobras e foi pra linha da Caixa Econômica.

Mas tem muita coisa ainda na linha da Petrobras em cima do tesoureiro que não foi preso e da Odebrecht que não teve ninguém preso mas teve citação de delatores.

Enfim, são coisas que a gente não entende a linha de ação mas acredita que o juiz deve saber.

Mas isto tudo faz com que o povo em geral se desencante por não entender.

Isto faz com que o povo ache que uns são tratados diferente dos outros embora nas mesmas denúncias.

Existe uma teoria que alguém me disse que a não prisão de Vaccari do PT e do dono da Odebrecht seria pra evitar que um dos dois citasse nomes fortes de políticos e desta maneira o processo todo sairia da instância de Moro e iria ao STF.

Eu não sou bacharel em direito e nem jurista e por isto apenas cito coisas que o povo acha diferente e não entende porque uns estão detidos nas piores circunstâncias possíveis e até sob tortura psicológica e outros que estão no mesmo negócio e envolvimento estão em casa.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta