Os estranhos heróis do Brasil

Getúlio Vargas / Foto: Reprodução
Getúlio Vargas / Foto: Reprodução

Vi no jornal que no livro de Heróis da Pátria foi colocado o nome de Lionel Brizola.

Brizola jamais fez nada de heroico pra ter tal homenagem.

Era um admirador de ditadores e afeto ao comunismo objetivo e a estatização da economia.

Então vi que no mesmo livro estão os nomes de Getúlio Vargas e Zumbi de Palmares

Getúlio Vargas matou seus inimigos dezenas de vezes mais que todo Regime Militar matou terroristas.

E Getúlio não matava terroristas mas sim pessoas que eram liberais e queriam acabar com sua ditadura.

A Polícia de Getúlio, comandada por Felinto Miller, matava e jogava de um prédio seus adversários e dizia que era suicídio.

Depois Getúlio mandou de presente pra Hitler a Olga Benário grávida.

E ainda inventou um motivo pra mandar brasileiros pra combater na Itália, numa guerra que nada tínhamos a ver e nem precisávamos perder vidas com ela.

Zumbi de Palmares era um cara que criou uma comunidade que recebia escravos que fugiam de fazendas.
Mas ao invés de dar liberdade aos escravos, Zumbi os escravizava e se algum deles fugisse da comunidade de Zumbi ele mandava matar.

Não vi os outros nomes que estão no livro de Heróis da Pátria mas espero que sejam melhores do que estes.

E não se espantem, enquanto existir Dilma e Jaques Wagner podem colocar a qualquer momento nome de Marighela, o terrorista sendo mais um herói.

Deixe uma resposta