Os ataques nada éticos de Paulo Henrique Amorim contra William Bonner

visaotv

Após a polêmica entrevista de William Bonner e Patrícia Poeta com a candidata à Presidência da República, Dilma Roussef, no ano passado, o jornalista Paulo Henrique Amorim, funcionário da Record, publicou um texto em seu blog demonstrando apoio a Dilma e cheio de ataques a Bonner e à Globo.

Paulo Henrique Amorim postou um vídeo associando Bonner aos black blocs / Foto: Reprodução Youtube
Paulo Henrique Amorim postou um vídeo associando Bonner aos black blocs / Foto: Reprodução Youtube

Denominada “Dilma demite Bonner”, a coluna afirma que os âncoras não conseguiram colocar Dilma contra a parede. Não? O que se viu, então? Particularmente, creio que as entrevistas não estão sendo bem conduzidas. As perguntas são excelentes, mas não deixa o candidato argumentar. Contudo, isso aconteceu com Aécio e Eduardo Campos, também. O ex-governador de Minas, por exemplo, foi questionado se uma fazenda valia mais com ou sem um aeroporto ao lado, em clara alusão ao escândalo recente da construção de uma pista de pouso nas terras de um parente dele com dinheiro público. E depois, extremamente pressionado. O mesmo foi feito com Dilma, que não tem metade da inteligência e do jogo de cintura do Lula, para fugir de situações embaraçosas.

Quando perguntada sobre seus colegas de partido do mensalão, a presidenta se esquivou dizendo que não falaria sobre o assunto. Pode isso? É fraca e sem argumentos! E precisa de jornalistas desgostosos como Amorim, que foi “convidado a se retirar da Globo”, e hoje, em uma TV menor, e sem 10% das conquistas de Bonner, precisa atacar a ele, à Globo e os rivais para que sua amiga, Dilma, do seu partido, o PT consigam algum prestígio, em vão.

Triste montagem de Marina publicada no blog de Amorim / Foto: Reprodução Conversa Afiada
Triste montagem de Marina publicada no blog de Amorim / Foto: Reprodução Conversa Afiada

Não é a primeira vez que Paulo Henrique Amorim ataca colegas de profissão. Já foi condenado por chamar Heraldo Pereira de “negro de alma branca”. Já associou o próprio William Bonner ao grupo black bloc no Youtube, e constantemente os critica em sua lamentável página na Internet. Curioso que o sindicato dos jornalistas que tanto caçou Sheherazade, nunca foi atrás dele, não é?

Este senhor, cita projetos do PT, falou mal de Aécio, FHC e até Marina Silva, com uma montagem da ex-ministra e também candidata, que já incomoda, e muito, a sua querida Dilma, usando uma espécie de burca pensando ironicamente “Eu sou normal”. Não satisfeito, ainda declarou que se Bonner estivesse em uma emissora séria, seria demitido. Ele, que trabalha na Record, tem que moral para falar isso? Cadê a noção do ridículo, amigos?

 

@LucasCanosa – BDI

Mande seu e-mail para Lucas Canosa : lucascanosa@bastidoresdainformacao.com.br

2 thoughts on “Os ataques nada éticos de Paulo Henrique Amorim contra William Bonner

Deixe uma resposta