Opositor Leopoldo López chega a Madri após deixar Venezuela

Foto: Divulgação

O líder da oposição venezuelana Leopoldo López chegou a Madri neste domingo (25) após deixar Caracas na véspera, afirmou seu pai, o deputado do Parlamento Europeu Leopoldo López Gil.

O ex-prefeito estava refugiado na embaixada da Espanha em Caracas desde 30 de abril de 2019, quando escapou da prisão domiciliar.

López Gil, que vive em Madri, não deu detalhes sobre como o filho chegou à Espanha. No sábado (24), o pai disse que López havia deixado a Venezuela de forma clandestina em direção à Bogotá.

O regime de Nicolás Maduro acusou, neste domingo, o embaixador da Espanha na Venezuela, Jesús Silva, de ser cúmplice do que chamou de fuga.

“É claramente verificável que o chefe da missão diplomática espanhola na Venezuela foi o principal organizador e cúmplice confesso da anunciada fuga do criminoso Leopoldo López do território venezuelano”, afirma o comunicado da chancelaria do país.

No texto, Caracas denunciou ainda “o descumprimento flagrante das disposições fundamentais da Convenção de Viena sobre relações diplomáticas”.

López é o principal líder do partido Voluntad Popular e articulador da estratégia de alçar Juan Guaidó a líder da Assembleia Nacional para depois torná-lo autoproclamado presidente interino.

Deixe uma resposta